Teste de Impairment – CPC 01

O teste de impairment ou teste de recuperabilidade parte de um princípio básico da contabilidade. Deve-se sempre ser contabilizado o menor valor dentre Valor de Contábil ou de Valor de Mercado. Assim, o objetivo deste teste é assegurar que os ativos não estejam registrados contabilmente aquele passível de ser recuperado, seja por uso nas suas operações ou em uma eventual venda. Caso existam claras evidencias que os ativos estejam registrados por um valor não recuperável no futuro, a entidade deve reconhecer a desvalorização deste ativo.

Dentre os ativos mais comuns de aplicação de teste de impairment estão:

– Ágio;
– Ativos Intangíveis;
– Ativos Tangíveis (Imobilizado);

O CPC 01 exige que estes ativos sejam testados pelo menos uma vez por ano pela companhia ou no caso de o ativo demonstrar sinais de não recuperabilidade, por influência de fatores externos, como por exemplo deterioração no cenário econômico, ou por fatores internos, como a piora do resultado daquele ativo ou companhia.

Entretanto, o CPC 01 não exige que este teste seja realizado por um perito independente, ou seja, pode ser realizado internamente.

A preferência de optar por uma empresa independente para a realização deste teste da mais confiabilidade ao teste, pois retira o viés de conflito de interesse. Além disso, transfere a responsabilidade de defesa deste teste com a auditoria, fazendo com que se economize horas de discussão com eles.

Como forma de otimizar tempo e mão de obra para o cliente a APSIS pode suprir essa mão de obra e elaborar o teste de impairment.

Downloads

Conteúdo Relacionado

Entre em contato